pub wook

Escrevi teu nome no vento (II)

(Pareceu estranho o post anterior! Talvez!)

Ouvi pela primeira vez este fadinho na noite de 9 para 10 de Setembro, no Clube de Fado, em Lisboa! Na melhor companhia que poderia ter*!
Encantou-me a letra! E a voz que o cantava!

Foi o fado que me ficou daquela noite!
Decorei algumas partes para mais tarde buscar numa simples busca no Youtube..

No dia seguinte, uma Amiga (uma Amiga com A grande!) oferece-me como presente um CD de fado, para que eu recordasse e comentou a voz, recém lançada neste mundo do fado, era magnífica**.
Abri, adorei, e quando viro para ler os títulos das músicas, leio em primeiro lugar:
‘Escrevi teu nome no vento’

Como é possível, pensei!
Há astros que por vezes estão alinhados! ;)

*Obrigada terem estado presentes no inicio do dia 10! Mais que o que vivemos, ouvimos ou tomámos foi a companhia nessa noite!
*De facto, é magnífica!

Os mais lidos