domingo, 19 de julho de 2009

Diego*


Uruguaio, mas vive em Córdoba, Argentina, desde os seus 11 anos.
38 anos, conheci-o a caminho de Machu Picchu, quando cheguei em cima
da hora combinada e apenas estava disponível o lugar entre ele e o
motorista.
Ele ia no lugar da frente porque há uns anos teve um acidente de
viação e o seu joelho foi sujeito a uma série de intervenções.
Nessa altura perdeu o emprego.
Quando teve oportunidade buscou, encontrou algumas coisas mas algumas
vezes ouviu:
'Precisamos de alguém mais jovem!'

Com o dinheiro da vida... E com um percurso mais ou menos desenhado,
Este ano decidiu viajar pelo continente onde sempre viveu!

Durante toda a viagem partilhada, foi uma excelente companhia. Aprendi,
sorri, falei de mim, e ouvi a sua história.

Tem um objectivo, conhecer a cultura, ouvir histórias de locais, e
escrever!

Ouvi algumas das suas histórias, tive o prazer de ler outras!

Depois da viagem a MP ficamos mais uns dias em Cusco devido a greves
no Peru, e alojámo-nos no mesmo hostel, junto com 'Jordan' um checo
que também nos acompanhou.
Saímos, jantámos, passeámos e conversámos sobre a vida e a cidade...
Enfim, aproveitámos o tempo!

No último dia, ambos partiram para Lima, e eu para Puno... Mas todos a
horas diferentes:
'Jordan' pelas 12, de avião
Diego, pelas 18, de autocarro
E eu pelas 22, de autocarro.

Dormimos a manhã, e depois do pequeno-almoço, o 'Jordan' partiu.
Diego, como uruguaio que é, tinha o seu mate, mas a yerba tinha
terminado à uns dias. Perguntou no hostel, e a senhora Irayda tinha!
Alguém lhe tinha deixado!
Acabámos por passar a tarde na Plaza de Armas a tomar um mate e a
conversar!

Partilhei com o Diego o livro que estava a ler, um livro de poesia:
'Noción de pátria/ Próximo prójimo' do autor Uruguaio Mario
Benedetti.
Seleccionou o poema 'Arco Iris' como aquele que me descrevia,
rematando com:

Aquella 'Que me conquistó a fuerza de carcajadas y ojos vidriosos,
plenos de Arco Íris.'

*Podia escrever sobre imensas pessoas que conheci, mas esta é a minha
história de Cusco!
Pela força e pela importância que cada história tem na nossa vida!

Sem comentários:

Enviar um comentário